ÚLTIMA HORA

PS MANTEM POSSIBILIDADE DE MAIORIA ABSOLUTA

 

De facto o PS-Partido Socialista, continua a ter todos os

indicativos, para no próximo domingo vencer as eleições com maioria absoluta.

Pelo que se tem constatado, o Povo, que é sempre quem mais ordena, vai votar nos emblemas, sem olhar a Pessoas ou a metodologias de crescimento autárquico.

O Partido Socialista distribui um panfleto, em que diz, prestar contas, mas a verdade, é que nas suas quinze paginas, nem um único algarismo, nem um único numero ou soma de parcelas, ou percentagens, ou seja os únicos números que nos aparecem são os da numeração das paginas.

Que pena, mas o Povo gosta!.

O PSD/CDS, diz que o caminho faz-se caminhando, mas a verdade é que quase não sai do sitio, e mais, pensam que o caminho são dois meses, mas uma corrida eleitoral é uma maratona que começa no dia seguinte ao ultimo ato eleitoral.

Ninguem que sai de sono profundo, e quase doentio, se consegue recarregar em energias, estando fora dos assuntos e das verdadeiras questões locais e sem a garra de ambição que deve dotar todo o candidato.

Também aqui o voto será o do simpatizante, mas longe da votação com convicção.

A CDU faz o que pode, e bem podia e devia fazer mais, mas infelizmente parece desperdiçar o trabalho que realizou nesta legislatura que agora termina. Coisas de um Partido que não inova, e só porque não quer sair do ram-ram, ou seja campanha simples, igual em todas as Freguesias e seja o que Deus quiser, que é como quem diz o que o Povo decidir.

Faltam quatro dias de campanha, todos irão dar o seu melhor, mas o melhor de cada um, não irá muito além de bater em símbolos e apelar a gostos, as ideias essas não se debatem, os projetos, esses não se mostram, a utilização financeira não se revela, enfim eu diria em jeito de remate final tentando introduzir alguma poesia que:

tudo mete dó / e tudo fica como dantes / Nesta Vila de Grijó / onde reinam os mandantes.

 

Francisco Borges