ÚLTIMA HORA

GRIJÓ MERECE; PS NÃO OFERECE

 

O Partido Socialista, decidiu apresentar de novo, o ainda Presidente da Junta Cesar Rodrigues, um Sermondense com cartão do PS e que não obstante os múltiplos apoios em 2013

acabou por vencer as eleições à tangente e muito por força dos votos de Sermonde.

O Partido Socialista, sabemos todos que o que lhes interessa é mandar seja porque preço for, e em que circunstancias for, e isso vê-se mesmo a nível governativo.

Sustentou-se o PS durante estes quatro anos na Junta, muito por força do GRIJOS que entrou mudo e saiu calado, prestando com isso um mau serviço à Freguesia.

Esta União de Freguesias, necessita de muito mais, de muito melhor e não pode sujeitar-se a uma gestão de pequeninas coisas, ficando os grandes problemas, as grandes situações por resolver.

Trabalho não foi nunca para este executivo, agarrou-se à saia da Câmara Mãe e limitou-se a acabar algumas obras do anterior Presidente, e a continuar o que se vem repetindo na Vila de Grijó.

Grijó merece, mas o PS não oferece, até porque, embora ainda desconhecidos, os elementos que irão compor a lista, serão os que dizem amém e mais amém, caso contrário, a porta da rua será a serventia da casa.

Esta candidatura tem reservado o direito de admissão, ,é forte com os fracos e disso deu provas e fraca com os fortes a quem se submete continuadamente.

Os Grijoenses entendem.