ÚLTIMA HORA

O GRIJOS MENTIU E ENGANOU OS GRIJOENSES

Foram 432 votos desperdiçados pelos Grijoenses em 29 de Setembro de 2013, nas ultimas eleições Autárquicas, onde apareceu este Grupo Reinventado de Interesses esquisitos

e pouco definidos,mas que para quem viaja à muito nestas andanças da política se percebia da suas intenções e objetivos.

Um primeiro era derrubar Rogério Tavares, acabaram por conseguir, aqueles que foram os seus amparos, aqueles que com ele comiam à mesa da politiquice barata, foram os seus carrascos, coisas da vida e de gente de pouca altivez, um outro intento era denegrir o candidato da CDU Francisco Borges, afiançando alguns profetas da desgraça que este iria obter o pior resultado de sempre da CDU, sendo que aqui erraram profundamente, pois o Povo soube dizer sim à CDU e aos seus candidatos, pelo que o intento saiu furado.

O GRIJO faltou à verdade enganou os Grijoenses, pois votou favoravelmente a proposta do PS de quem é muleta oficial e esqueceu de forma voluntária aquilo que no seu pomposo programa eleitoral tinha prometido.

O GRIJO prometeu e transcrevemos na integra o seu texto ( Não vender no cemitério de Grijo, novas concessões de jazigos depois de aprovado pela Assembleia de Freguesia, projeto de requalificação da area da vala comum), ora assim não fez, e aprovou de olhos fechados quer o ponto 8 da Assembleia realizada em 29 de Abril, quer o ponto 4 da Assembleia realizada em 27 de Junho, que diziam respectivamente Discussão e votação da proposta de concessão extraordinária de terrenos no cemitério paroquial de Grijó e Discussão e votação da proposta de alteração do Regulamento dos cemitérios paroquiais de Grijó e Sermonde.

Ora a Gente de bem fica mal mentir, a Gente séria, não basta parecer, deve ser, pelo que as Pessoas enganadas devem ficar a saber que o GRIJO, foi um erro, foi um falhanço total, e contrariamente ao que diz ser, um movimento cívico de participação, é antes um Grupinho de bem fazer ao Partido Socialista e ao executivo, no intuito de obter não se sabe bem o quê?.

A presença do GRIJO na Assembleia constitui o mais ridículo que pode existir em Politica e preconiza o que de mais errado pode ser feito em prol das populações. Mais de quatrocentas Pessoas se deixaram envolver ,porque acreditaram nos bons propósitos, mas hoje verificamos que afinal esse votos estão a servir para o retrocesso da evolução da Vila de Grijó, que como dizia a CDU, merecia Mais e Melhor.

Dizem os Socialistas que maneirinhos se vão movendo, rasteiramente, que o GRIJO, está bem melhor que o que se esperava e que a continuar assim alguns dos seus mentores terão lugar garantido nas suas listas em 2017, fato que nada nos espanta, mas que revolta quem está na Política por gosto, sem interesses, e nada  disposto a entrar em jogos de poder e obscurantismos ,que vão contra o que mais valioso existe, que é elevação de caráter e verticalidade de ação.

Saibam responsabilizar-se pelos vossos erros, sejam capazes de os assumir, demitam-se ou entrem no caminho da responsabilidade e de dignificação do Grupo em que infelizmente, quatrocentos e trinta e duas Pessoa confiaram, estão ainda a tempo de quebrar a hegemonia e provocar debate e confronto de ideias, tão boas e úteis nos tempos que correm.

Já agora vale a pena pensar nisto.

Francisco Borges