ÚLTIMA HORA

A MOÇÃO QUE LEVOU UM NÃO, E NÃO O MERECIA

A coligação PSD/CDS denominada por Gaia na Frente, apresentou no passado

dia 29 de Abril, uma Moção, da autoria da Deputada Ana Félix ( Transcrita no final do artigo), na qual alertava ,e bem ,para o problema existente em imóveis vandalizados, sitos no enfiamento da rua das Silvinhas com o cruzamento da Rua de Sermonde, onde urge instalar proteções e evitar que males maiores possam surgir ,caso a situação se mantenha.

Ora após a leitura desta Moção o Senhor Presidente da Junta apressou-se a informar que já tinha tomado medidas tendentes a solucionar o problema, ora aqui está um fato positivo, perante isto e em nosso entender mal o Senhor Presidente da Assembleia, pretendia que a Moção fosse retirada pela proponente, fato que esta, quando a nós também bem, não aceitou, apesar da insistência. Aqui é importante frisar que a Mesa deve ser mentora de entendimentos, sonsenços, e deve promover para que as Moções, Requerimentos, Propostas, venham elas de onde vierem, sejam discutidas e votadas. Assim apesar de ter existido já por parte do executivo trabalho sobre o assunto, a verdade é que o problema subsiste e nunca é demais mais um empurrão em busca de solução.

Ora não se entende como a bancada do PS-Partido Socialista, insatisfeita pela chamada de atenção, resolveu votar contra a Moção, amparada como sempre pelo GRIJO, num propósito claro de abafar a voz da oposição. Neste como noutros assuntos a Assembleia deve estar unida, pois são fatos reais, ali presentes e que urge resolver, não importa muito, ou melhor nada que as Moções venham de A,B, ou C.

A Moção apanhou por tanto com sete votos contra e seis a favor, cinco do PSD/CDS e um da CDU, insuficientes claro para fazer passar a moção que ia reforçar o dito trabalho já feito pelo executivo da Junta.

Fica o reparo, e a vontade de que no futuro, em casos tão simples e concretos, as vontades politicas se excluam de interferência e se vote em prol dos interesses da Freguesia.

 

 Moção


Imóveis devolutos


Nos dias de hoje, o bem mais essencial na nossa sociedade são as crianças, são elas que personificam o nosso futuro.


Este bem merece ser protegido, cabendo a nós a responsabilidade de as proteger de todos os perigos. Estes perigos estão à espreita na rua das Silvinhas com o cruzamento da Rua de Sermonde onde está localizado um conjunto de imóveis ao abandono, que são um chamariz para a curiosidade das crianças, como todos sabemos, uma qualidade inerente à tenra idade delas.


Estes imóveis vandalizados, sem qualquer proteção e tendo as suas caves cheias de água, são um convite ao acidente.


Sabendo que o(s) proprietário(s) por desconhecimento ou por inércia estão a negligenciar as suas responsabilidades e deveres.


Por todos os considerandos acima descritos vem o grupo parlamentar da Coligação Gaia na Frente, com assento na Assembleia de Freguesia Grijó e Sermonde, pedir a esta assembleia que delibere o seguinte:


- A solicitação ao(s) proprietário(s) e entidades competentes dos imóveis em questão, situados no cruzamento da Rua das Silvinhas com a Rua de Sermonde com os números de polícia não identificáveis, que tomem todas as providências necessárias para debelar esta situação.


Após a aprovação desta moção, esta deverá ser enviada para o(s) proprietário(s) dos imóveis e às entidades competentes.


29 de Abril de 2014
O membro do grupo parlamentar da Coligação Gaia na Frente
__________________________________________________
(Ana Sofia de Sousa Félix)