ÚLTIMA HORA

A BURAQUEIRA CONTINUA

Fomos ver, embora nada que nos tivesse surpreendido, dado que  ficamos com as ruas como estavam à dois meses atrás.

Após terem tapado os buracos naquela rua, tudo volta às origens do desleixo. Remediar, ou remendar esta é a política da Junta, que vai andando, analisando e remendando, para Grijoense ver. Não sabemos se existem protocolos, mas iremos saber, pois se existem a responsabilidade por este desastre é inteirinho da Junta de Freguesia, se não existem, chamem um Patrocinio que ao que se consta é Vereador da Câmara e troca a tapar buracos.

Porque não é capaz o executivo da Junta de analisar as necessidades e sobre elas adaptar soluções para evitar estas situações?, não entendemos muito bem o que fazem cinco elementos do executivo, que raramente vemos por Grijó, e que bem podiam e deviam estar atentos às necessidades da rede viária que está sempre e cada vez mais necessitada. Muito milhões para a rede viária, prometeu a Câmara, mas nada se vê , e não fosse a contestação à Rua da Boavista e esta talvés ainda hoje não estaria arranjada.

A Junta coloca o seu arranjo no seu site como algo surpreendente, mas as necessidades essas escondeas, ou tenta não as revelar.

Foram pois grandes as noticias com a feitura de 400 metros de estrada na Rua da Boavista, mas o resto, fica a aguardar bom tempo, ou que alguém se lembre que Grijó existe muito para além da rua da Boavista. Acudam à Rua da Povoa de Cima onde está a Coletividade " Os Amigos dos Pobres de Grijó e à Avenida de Santo Antônio, onde estão os nossos velhinhos caso contrário a Paróquia vai ficar melindrada com tanto desleixo.

Desta feita está sol, é pois importante que não procurem a sombra.

Francisco Borges