PAÍS

EM GRIJÓ - TÚMULO DE D.RODRIGO SANCHES ALVO DE OBRAS DE RESTAURO

 

 

DRCN investe 2,3 Milhões de Euros na

Operação Mosteiros a Norte

 

Intervenção de Restauro do Túmulo de D. Rodrigo Sanches já decorre

 

A Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN) vai investir um total de 2,3 Milhões de Euros na Operação Mosteiros a Norte, que engloba os mosteiros de Arouca, Grijó, Rendufe, Tibães, Pombeiro e Vilar de Frades.

 

Comparticipada pelo Programa Operacional Norte 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, esta Operação visa dar continuidade às intervenções de consolidação do edificado já anteriormente realizadas nos referidos mosteiros. Pretende-se melhorar e criar espaços de receção/acolhimento, reforçar as iniciativas culturais e artísticas, divulgar os espaços monásticos como pólos de atração no território e atrair novos públicos.

 

 

Assim, neste momento, a DRCN tem já a decorrer a intervenção de restauro da Capela Tumular de D. Rodrigo Sanches, no Mosteiro de Grijó; e encontra-se em fase de concurso público a empreitada de conservação e restauro de elementos decorativos da Sala da Memória, no Convento de Vilar de Frades.

 

Para a conservação e restauro do Mosteiro de Grijó, prevêem-se duas empreitadas que visam fundamentalmente melhorar a imagem do conjunto monástico na paisagem de forma a aumentar a atratividade para o visitante. Estes trabalhos irão incidir na cobertura, nártex, fachada da Igreja, fachada do Mosteiro e claustro. Face ao valor patrimonial da Capela que alberga o túmulo de D. Rodrigo Sanches (filho ilegítimo de D. Sancho I) irão realizar-se diversos trabalhos de recuperação, valorizando-se uma peça artística da tumulária medieval, elemento fundamental na dinamização do percurso de visita do mosteiro.

 

No Convento de Vilar de Frades e para completar a intervenção ao nível da Igreja efetuar-se-á a montagem e o restauro do único retábulo em falta das capelas laterais com o objetivo de não se perder uma peça desmontada há mais de meio século. Simultaneamente urge completar a reabilitação do piso intermédio da ala conventual, com a instalação da Sala de Exposições Temporárias no espaço da antiga cozinha do convento. Na sala contígua, Sala da Memória serão efetuados trabalhos de conservação e restauro do teto policromado, portadas, roda cadeiras e rodapés para criar condições de fruição deste espaço de encontro para divulgação da história do convento e do recheio da antiga livraria que se prevê catalogar, inventariar e estudar dando-se a conhecer ao público e visitante.

 

 

 

Felicidade Ramos

Assessoria de Comunicação

93 784 13 84

 

Direção Regional de Cultura do Norte
Praceta da Carreira
5000-560 Vila Real, PORTUGAL
TEL + 351 259 330 770 FAX + 351 259 330 779